Call Now Email Today TEL: +44 1943 609 505

  • English
  • Deutsch
  • 中文
  • العربية
  • Português
  • Polski
  • Nederlands
  • Français
  • Italiano
  • 日本語
  • Türkçe
  • Русский
  • Español

Galvanização      

É possível encontrar aço galvanizado em inúmeros locais, sendo este geralmente produzido através de um processo contínuo de imersão a quente, em que a tira de aço é mergulhada num banho de zinco fundido (ou alumínio, ou mistura de alumínio e zinco).

A melhoria da qualidade da tira, o aumento da produção e a redução dos custos de funcionamento são aspectos importantes para os proprietários e operadores de fábricas de galvanização por imersão a quente, recozimento e Galvalume/Zincalume em todo o mundo. Os desenvolvimentos da Spooner Industries no delicado processo pós-refrigeração (upleg) contribuem para todos estes benefícios.

A Spooner Industries Ltd tem bastante experiência em refrigeração, estabilização e retenção de calor/zonas húmidas para linhas HDG contínuas (incluindo exposição no ramo automóvel). As taxas de refrigeração alcançadas pela Spooner em instalações no sector da indústria de galvanização estão muito acima da média para a indústria de refrigeração do ar. Com efeito, a Spooner Industries tem investido consideravelmente em trabalho de I&D, juntamente com vários clientes, para definir taxas de transferência térmica com elevadas temperaturas do material. O trabalho conjunto visa também conseguir um controlo eficaz do elevado volume e velocidade do ar, com a máxima eficiência. Acreditamos que o trabalho desenvolvido neste sentido proporciona à Spooner uma capacidade única para conceber e desenhar equipamentos de refrigeração de ar de elevada velocidade para a indústria de revestimento de metais por imersão a quente.

A Spooner lançou uma série de refrigeradores de ar que utilizam uma combinação de refrigeradores de precisão, refrigeradores de perfuração e refrigeradores de flutuação de ar/estabilização. A utilização de refrigeradores de estabilização com flutuação de ar, que melhoram a estabilidade do material e asseguram taxas de transferência térmica mais elevadas (permitindo refrigeradores menores e produtividade superior), torna melhor o controlo do peso do revestimento, pode reduzir a utilização de zinco e pode ainda permitir tensões inferiores em tiras de materiais mais finas. Tudo isto resulta na diminuição dos custos de funcionamento e numa redução das necessidades de manutenção.